parlatorio.rar@hotmail.com
Plágio é crime! E falta de competência! Apoio: Cia dos Blogueiros

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Prefeito aluga o próprio imóvel para a prefeitura no interior do Paraná

O Ministério Público (MP) vai fazer uma auditoria nas contas da Prefeitura de Carambeí, na região dos Campos Gerais do Paraná, para verificar a suspeita de que o aluguel do imóvel onde se encontra a prefeitura pode ter sido pago com atraso propositadamente. Isto porque o dono do prédio é o prefeito Osmar Rickli. 

"A principal irregularidade é o fato de ele ter feito um negócio de um bem particular como prefeito e ter alugado para a própria prefeitura", explica o promotor Paulo Conforto. Segundo o MP, o negócio vai contra uma lei municipal.

O profeito não quis gravar entrevista. Em nota, informou que o prédio é o único de Carambeí que atende as necessidades da administração pública.

O prédio de dois andares fica na entrada da cidade e é alugado por R$ 9.250 por mês. O contrato de locação foi assinado em dezembro de 2004, dois dias antes de Osmar Rickli tomar posse.

No documento está previsto um desconto, caso o aluguel seja pago em dia. A pontualidade das contas da prefeitura, entretanto, está sobre suspeita. Um recibo comprova que só nos dois primeiros meses de mandato, em 2005, o prefeito ganhou mais de R$ 21 mil com aluguel, R$ 4.200 só em multa por causa dos atrasos.

A ação do MP pede que o prefeito Rickli e a mulher dele devolvam todo o dinheiro recebido pela locação do prédio, durante os quase sete anos a frente da prefeitura. O montante é de R$ 824 mil.

http://glo.bo/tHwdBU

terça-feira, 1 de novembro de 2011